5º CONGRESSO BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Avaliação da percepção dos moradores do município de Conceição do Araguaia-Pa em relação a queima de resíduos sólidos e seus impactos no meio ambiente

Resumo

A queima de resíduos sólidos vem se tornando um grave problema ambiental nas cidades brasileiras, esse tipo de ação que é inadequada além de configurar crime ambiental se torna um grande agravante tanto para o meio ambiente quanto para saúde da população. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a percepção dos moradores de Conceição do Araguaia-PA, em relação a queima de resíduos sólidos e seus impactos no meio Ambiente. A pesquisa foi realizada por meio de métodos quantitativo de natureza exploratória na qual envolveu levantamento bibliográfico inicialmente para base teórica, e de campo, realizada em alguns bairros com aplicação de entrevista com moradores através de questionário com perguntas objetivas fechadas. Observou-se que dentre os 81 entrevistados uma quantidade expressiva de moradores com índice percentual de 79% relatou que a prática de queima de resíduos nos bairros é comum, normalmente essas ações tem uma grande incidência no período da tarde, e ocorre por ser um habito do cotidiano da população, além disso essas podem ocasionar danos ao meio ambiente e a sociedade. Os materiais mais comuns queimados nos bairros do município são as folhas de árvores e resto de podas, papeis, sacolas entre outros. Em relação ao conhecimento da legislação que proíbe a queima de resíduos a céu aberto, os entrevistados demonstraram conhecimento quanto a sua existência. As práticas de queima de resíduos sólidos no município de Conceição do Araguaia, ocorrem principalmente pela geração de materiais oriundos da limpeza de quintais e residências, sendo associada pelos moradores como uma técnica de eliminação de resíduos, que em consequência causam conflitos entre o homem e a natureza, ocasionando danos irreversíveis para ambas as partes. A partir da análise das informações obtidas no trabalho, observou-se que as queimas de resíduos sólidos têm vários fatores contribuintes, os índices percentuais verificados através de entrevistas com os moradores no qual indicam que 28% dos entrevistados relataram ser um hábito do cotidiano da população o principal motivo o dessas práticas, sendo também a gestão não compromissada com a coleta diária um fator preponderante.
É importante observar que as práticas de queima dos resíduos sólidos estão vinculadas a hábitos passados que nos dias atuais se fazem cada vez mais presente, mas que poderiam ser moldados já que as informações hoje são mais acessíveis, de forma que evitaria grandes problemas como degradação do solo, lançamento de gases tóxicos na atmosfera, problemas relacionados a saúde pública, além da geração de cinzas. Portanto acredita-se que há uma necessidade de um gerenciamento de resíduos sólidos adequado, a inserção de um plano de coleta diário e reeducação dos moradores com relação a sua disposição de forma que minimize esses atos favorecendo a preservação do meio ambiente, que possibilite uma qualidade de vida favorável a todos.

Palavras-chave

Resíduos Sólidos, Impactos Ambientais, Queimadas

Área

Impactos Ambientais x Saneamento

Autores

ERLAN SILVA DE SOUSA, MARIA LEONICE TAVARES DOS SANTOS, UDERLANIA PEREIRA DA SILVA, ANDRESSA OLIVIVEIRA MORAIS DE SOUSA