5º CONGRESSO BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

O COMPROMETIMENTO DOS SERVIÇOS AMBIENTAIS NO (DES)PLANEJAMENTO URBANO

Resumo

O Índice de Áreas Verdes (IAV) é uma forma de medir a distribuição de áreas verdes no perímetro urbano com base no número de habitantes. Isso se faz importante devido aos serviços ambientais prestados pela vegetação, tais como filtragem do ar, retenção de água da chuva e regulagem climática. O problema da distribuição de áreas verdes se faz presente devido ao crescimento irregular e não planejado da maior parte das cidades, que se desenvolvem excluindo a vegetação, acarretando externalidades que refletem na dinâmica urbana e na saúde da população. Como, então, áreas e infraestruturas verdes podem competir espaço com o crescimento desordenado e garantir presença dentro do ambiente urbano? Foram selecionadas quatro cidades (Salvador, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre) para se analisar o plano diretor e observar como as áreas verdes estão inclusas, se a distribuição adequada acontece na prática, e avaliar como a (possível) baixa arborização reflete na poluição atmosférica e na temperatura local, observando, ainda, se há incentivo de políticas públicas e legislações para distribuição de mais áreas e infraestruturas verdes nesses locais. As análises de distribuição de áreas verdes serão feitas a partir do QGis, e as informações acerca da poluição atmosférica e temperatura serão coletadas a partir dos órgãos municipais e estaduais responsáveis.

Palavras-chave

Desmatamento urbano; Índice de Áreas Verdes; Serviços Ambientais

Área

Serviços ecossistêmicos e AIA

Autores

TAINA TEIXEIRA CAVALCANTE DE LIMA, JESSICA KAROLLYNE MARTINS BEZERRA RODRIGUES, LIVIA ANDRESSA TELES TAVARES, FERNANDA FERREIRA LOPES, DIEGO FREITAS RODRIGUES